Área restrita

Notícias

Erros de segurança no condomínio que você pode evitar

Para o bem-estar de todos que moram e trabalham em um condomínio, a segurança é um fator fundamental. Entretanto, no dia-a-dia dos moradores, funcionários, visitantes e até mesmo dos síndicos, alguns hábitos podem prejudicar.

Cada um precisa fazer sua parte para manter o condomínio seguro, cabendo ao síndico reforçar bons hábitos para evitar quaisquer situações de perigo. Pensando nisso, no post de hoje, vamos apresentar os principais erros que prejudicam a segurança do condomínio. Continue a leitura e descubra como evitá-los!

 

1. Descumprir as regras estabelecidas e as exceções

As regras de um condomínio existem não para barrar a liberdade de alguém, mas para garantir a segurança, o conforto e o bem-estar de todos. Portanto, é fundamental que elas sejam cumpridas à risca por todos os moradores, visitantes e funcionários, inclusive pelo síndico.

Quanto às exceções, elas existem justamente para suprir possíveis lacunas nas regras estabelecidas. Entretanto, isso não quer dizer que você possa deixar a regra de lado a qualquer instante e, assim, deixar passar coisas contrárias à convenção do edifício.

 

2. Não identificar os visitantes, principalmente nos carros

A devida identificação dos visitantes é um dos elementos fundamentais da segurança do condomínio. Sem essa prática, torna-se  fácil para alguém mal-intencionado adentrar e possivelmente invadir as casas ou apartamentos dos condôminos.

Portanto, jamais deixe a identificação dos visitantes de lado. E faça isso apenas quando a visita chegar! Por mais incômodo que o processo possa parecer, é errado (e pode ser perigoso) liberar a entrada de alguém antecipadamente, só porque o morador anunciou que um visitante está vindo.

Isso vale principalmente para os que entram de carro: Apenas reconhecer o veículo não é o bastante — é fundamental identificar todos que estão dentro do carro.

 

3. Ter TVs e rádios como distração na portaria

Sabemos que, durante o expediente do porteiro, diversos períodos de tempo se passam sem nenhum acontecimento. Dessa forma, distrações como TVs, rádios e jornais acabam tornando-se passatempos comuns na portaria.

Entretanto, o perigo chega sem anuncio e, portanto, o porteiro deve estar atento durante todo o expediente. Caso contrário, fica fácil para alguém indevido aproximar-se sorrateiramente, abordar o porteiro de surpresa e entrar.

 

4. Deixar o portão aberto por “5 minutinhos”

Quem nunca ouviu um condômino ou funcionário soltar essa frase? Mas saiba que ela representa um grave erro para a segurança do condomínio, por mais boba que pareça!

Como mencionamos no tópico anterior, o perigo não proclama sua aproximação. Dessa forma, “5 minutinhos” é um tempo mais do que suficiente para alguém mal-intencionado invadir sem que ninguém perceba.

Um grande preço a se pagar em troca de uma “ pequena praticidade”  não é mesmo?

 

5. Falta de procedimentos emergenciais

Situações de perigo, sejam causadas pela entrada de um estranho ou por causa de acidentes, incêndios ou enchentes, por exemplo, são assustadoras. Por isso mesmo, é fundamental não perder o controle e conseguir manter a calma e a sanidade durante esses momentos de terror.

Para tanto, procedimentos emergenciais devem ser apresentados aos moradores e funcionários do prédio. Dessa forma, todos saberão como se comportar adequadamente em situações de emergência e, assim, garantir sua segurança.

Isso também é fundamental para que os adultos possam focar em quem precisa de auxílio especial durante situações de perigo, como as crianças e os idosos.

 

6. Ficar desatento quanto ao movimento nos arredores

Muitas vezes, o perigo pode ser evitado antes mesmo que ele efetivamente chegue ao condomínio. Portanto, o porteiro e todos que circulam pelo prédio devem se manter atentos quanto ao movimento de pessoas e veículos estranhos pelos arredores do edifício.

Se alguém suspeito estiver circulando pela região por muito tempo, alerte a segurança imediatamente. Afinal, isso é um hábito comum entre ladrões e bandidos para verificar a segurança e a estrutura de algum lugar.

E então, pronto para manter esses graves erros longe do seu prédio e garantir a segurança de todos? 

 

Fonte: Condlink