Área restrita

Notícias

O guia das cores do Feng Shui

A virada do ano é considerada a hora de renovar as energias. As tradições são inúmeras: comer lentilha, pular as sete ondas, meditar… Mas além de purificar o corpo, é preciso limpar a casa das energias negativas. Entra em cena o Feng Shui.

A técnica chinesa existe há mais de cinco mil anos, que é de quando datam seus primeiros registros. De acordo com Fátima Gomes, especialista no assunto, o Feng Shui surge da observação do exterior. “Feng Shui quer dizer literalmente vento e água, dois poderes fluidos da natureza, que transformam constantemente a paisagem por meio da erosão”, explica.

Seu princípio fundamental é combinar as energias geradas pelo céu e pela terra, com as energias da casa, e dos seus habitantes, para que possamos viver em perfeito equilíbrio com a natureza. “Uma das observações fundamentais do Feng Shui é a forma como este fluxo energético condiciona os locais, por isso há ambientes onde nos sentimos muito confortáveis e em segurança e, outros onde só queremos passar ou fugir”, conta Fátima.

Em casa
Para quem vai começar a aplicar o Feng Shui agora, o ideal é iniciar pela porta de entrada do lar. “Todos os ambientes são importantes, mas essa é a região das primeiras impressões, onde você, seus amigos e familiares registram imediatamente opiniões duradouras sobre a casa na qual vivem. Também é o lugar por onde entra a energia vital”, esclarece.

Quando a entrada principal é acolhedora, ela transmite o desejo receber as pessoas, as experiências e as oportunidades positivas. Quando está em desordem expressa justamente o contrário.

Cores
O efeito das cores é simbólico, terapêutico e repleto de energias e sensações. Para escolher a cor de um cômodo, faça uma lista de seus matizes favoritos e observe as sensações que cada cor desperta em você e nas pessoas que convivem ali. “Como as paredes são guardiãs do ambiente, ficam marcadas pelos acontecimentos e vivências de seus ocupantes. Devemos usar as cores de acordo com as intenções de cada lugar”, explica Fátima.

O Guia:
Confira o significa de cada cor:

Azul
Em sua mais profunda essência, o azul transmite tranquilidade, harmonia e paz. O azul-escuro simboliza as profundezas das águas do mar, a sabedoria, o poder da intuição e do inconsciente. O azul-claro simboliza paz e espiritualidade angelical. E o azul-esverdeado é muito positivo, associado à natureza e ao elemento madeira representa juventude e desenvolvimento. No Feng Shui, os tons de azul mais escuros podem ser usados para garantir sabedoria, prosperidade e trabalho. É uma boa cor para salas, quartos de casal, quartos de criança, biblioteca, sala de estudo e espaço de meditação.

O amarelo representa poder e riqueza pois lembra o ouro. Cor da concentração e da comunicação, é muito associada à tolerância e à sabedoria vindas de experiências anteriores. É a cor que representa o elemento terra e sua estabilidade. Acelera a energia, por isso é uma boa escolha para estimular a alegria e espontaneidade. Transmite uma sensação de vivacidade. Boa cor para ser usada para saúde física e mental. Também indicada para escritórios ou salas de estudo, pois ajuda obter concentração máxima em períodos específicos, como provas e desenvolvimento de projetos.

Branco
É uma cor pura, anterior à divisão dos raios de luz coloridos, o prisma. É, da mesma forma, uma combinação de todas as cores. Na decoração, evita-se paredes todas brancas porque sugerem a neutralidade de sentimentos, não transmitindo sensação de acolhimento. Pode causar irritação, impaciência e até dificultar a concentração. É indicada como realce, moldura ou frisos, em combinação com outras cores. O branco, no Ocidente, corresponde à pureza. Já na China, está associado ao inverno (frio e morte), considerado, portanto, uma cor frágil. Independentemente dessa significação, é um tom neutro.

Vermelho
O vermelho domina todas as cores. Representa a felicidade, o calor do fogo, a força e a fama. É uma fonte de energia, um estimulante e uma forma de expulsar as más vibrações. É a cor das pessoas sociáveis e gentis. Aumenta o calor da pele, a temperatura do corpo e estimula a atividade sexual. Deve ser usada com cuidado, já que o excesso pode trazer alteração de comportamento: evite fachadas toda em vermelho. E combine o tom com cores suaves.

Verde
O verde, em todos os seus tons, é a cor da família e representa o elemento madeira que se expande e leva as sementes de seus frutos e flores de um lado para outro, fazendo florescer projetos, realizar sonhos, conquistar objetivos, nascer inspirações e iniciar etapas. E assim criar e recriar para que a casa e todas as demais áreas da vida fiquem mais harmoniosas e equilibradas. O verde-claro é ótimo para quartos, principalmente de criança. Uma boa cor para renovar as energias e marcar um novo ciclo como, por exemplo, um novo lar.

Ultra Violet
A Pantone elegeu o Ultra Violet, uma variação do roxo, como a cor de 2018. No Feng Shui, este tom é altamente recomendado no dia a dia, mas sempre com equilíbrio. “Ele está relacionado ao poder. Na cultura ocidental é usado para simbolizar as hierarquias, quanto mais roxo mais poderoso. Mas também pode estar relacionada com a tristeza e melancolia. Por outro lado é a cor que representa a união com o mundo espiritual”, explica Fátima.

O tom está ligado à prosperidade e espiritualidade. Também é a cor de grandes ideais e das pessoas de sorte. Inspira dignidade, autoridade e respeito.

O que é proibido?
“Nada! As cores são fundamentais para a harmonização dos ambientes, pois cada uma transmite uma energia e uma sensação diferente, influenciando nosso modo de ser e de nos relacionarmos com os espaços em que vivemos”, revela Fátima.

Para o Feng Shui devemos sempre levar em conta as cores que iremos aplicar em nossos ambientes seguindo a intenção de harmonizar corretamente os espaços. Por exemplo, muita gente pensa que o preto é prejudicial, mas faz uma excelente combinação com o branco. “Ele inspira respeito, poder e autoridade. O importante é saber qual o significado e as combinações que faremos na decoração”, finaliza.

 

Fonte: Revista Casa e Jardim